A ESTREIA DO OURIÇO AZUL NO MASTER SYSTEM | SONIC THE HEDGEHOG

06/07/2018

 

Sonic the Hedgehog é um jogo de plataforma lançado em 25 de outubro de 1991 para o Master System e em 28 de dezembro de 1991 para o Game Gear. Desenvolvido pela Ancient, é a distinta versão de 8-bit do popular jogo de 16-bit. Além de seu lançamento original em cartucho, mais tarde o jogo foi incluído na memória de algumas versões do Master System na Europa e no Brasil.
O início da década de 90 acompanhou uma verdadeira guerra no mundo dos games. A Nintendo tinha o seu mascote, o Mario Bros, mas a Sega ainda não tinha um à altura. Foi aí que surgiu a ideia de um ouriço azul, veloz, que fosse capaz de demonstrar a capacidade do Mega Drive e criar um novo conceito de game. Surgia Sonic the Hedgehog, uma das mais fortes franquia do mundo dos games, inicialmente para Mega Drive, mas que foi também adaptado para Master System e Game Gear, com algumas diferenças.

HISTÓRIA

O enredo do jogo é relativamente simples: um cientista louco chamado Dr. Robotnik (ainda me recuso á chama-lo de Eggman) quer dominar o mundo roubando as Esmeraldas do Caos e, para isso, montou uma base na ilha em que Sonic mora (Green Hill Zone). Robotnik captura os animais da ilha, transformando todos em robôs escravos. Sonic não gosta nada disso e resolve acabar com os planos do cientista.

JOGABILIDADE

A jogabilidade está ótima. Os movimentos são simples de executar e ocorrem com precisão. Pena que, apesar do Sonic ser rápido, os freqüentes slowdowns fazem o jogo perder um pouco de sua velocidade.

As fases tem muito mais seções de plataforma do que de velocidade, como acontece no Mega Drive. O mais interessante é que, antes da fase começar, um pequeno mapa aparece mostrando toda a ilha pela qual Sonic irá percorrer durante as fases (Isso não acontece na versão de Mega Drive). Agora dá para saber a localização de Sonic direitinho! Além disso, quando o ouriço  passa de algum ato, uma tela de pontuação aparece no final do estágio e, ao contrário da versão de Mega Drive, aqui você pega ás Esmeraldas do Caos nas próprias fases. Os Special Stages são muito divertidos, servindo para você coletar continues, vidas e pontos.
Os chefes são simples no começo, mas podem ficar mais complicados conforme o game vai progredindo, assim como as fases.

GRÁFICOS E SONS

Os gráficos do jogo são muito bons, com sprites bem definidos e coloridos. Os cenários foram muito bem feitos, com muita cor e elementos. O background das fases são bem detalhados e contam com uma paleta de cores surpreendentes para um console 8 bits. A trilha sonora do jogo foi toda feita pelo mito Yuzo Koshiro, o famoso compositor das franquias Shinobi e Streets of Rage (ele também compôs as músicas do clássico ActRaiser). Um excelente trabalho, tanto que muitos consideram a trilha sonora deste Sonic uma das melhores da série.

FASES DO GAME

O game possui sete fases, cada uma dividida em três atos (exceto a última) e você sempre enfrentará Robotnik no terceiro. É preciso coletar todas as esmeraldas para se fazer o final diferente. As esmeraldas estão escondidas sempre no primeiro ou segundo ato, sendo seis ao total.

No jogo você encentrará as seguintes fases:

  • Green Hill Zone: uma típica ilha tropical infestada de robôs e armadilhas perigosas que se tornam grandes desafios.
  • Bridge Zone: uma fase inédita e não presente na versão do Mega, que se passa em uma ponte.
  • Jungle Zone: outra fase inédita! Se passa em uma selva fechada, cheia de desafios e até uma cachoeira com troncos caindo. É uma das fases mais bonita do game.
  • Labyrinth Zone: fase clássica do Sonic e que se passa em um labirinto aquático. Apenas cuidado para não ficar sem ar e morrer facilmente.
  • Scrap Brain Zone: fase de cenário noturno, dentro de uma base tecnológica do Robotnik. Tome cuidado com as esteiras e armadilha elétricas e tente não se perder pelo caminho no segundo ato.
  • Sky Base: outra fase inédita. Sonic finalmente chega na base de Robotnik e está a um passo de derrota-lo. A fase é desafiante, cheia de raios e vendavais.
  • Special Stages: não pense que os estágios especiais sumiram na versão 8-bits. Eles aparecem no jogo lhe trazendo um outro objetivo: coletar muitos rings para ganhar vidas, pontos e destruir o monitor que lhe dará um continue. Os estágios especiais se passam num local infestado de molas e obstáculos. Cada mola te impulsiona de uma maneira diferente, fazendo com que você possa rebater em alguns obstáculos, ou pegar muitos rings.

CONCLUSÃO

Sonic the Hedgehog não só é um dos melhores games do console, como também é o jogo da minha infância. Ele surpreende nos gráficos, na trilha sonora, na jogabilidade e na diversão. Foi o primeiro jogo que zerei, pelo qual tenho um carinho enorme.

Eu ganhei da minha mãe, perto do natal, um Master System 3 Compact e este jogo veio na memória do videogame. Infelizmente não tenho mais o console, mas Sonic the Hedgehog continuará para sempre na memória de todo mundo que o jogou um dia.

 

Por falar em jogos de plataforma, já leu nosso post sobre Super Mario World? Leia Já:

VOCÊ CONHECE O MARIO?… QUE MARIO? SUPER MARIO WORLD (SNES)

Versus Podcast © 2017