HERE COMES A NEW CHALLENGER

Donkey Kong Country 3: Dixie Kong’s Double Trouble! é um jogo de plataforma, desenvolvido em 1996 pela Rare e publicado pela Nintendo para o Super Nintendo Entertainment System.

Depois de uma excelente estreia e um segundo título que, na minha opinião, é ainda melhor, o terceiro jogo da franquia Donkey Kong Country foi colocada em um nível elevadíssimo. Mas infelizmente, o jogo apresenta pouquíssima inovação, se comparado ao seu antecessor.

 

Continue reading

Confesso que me arrependo de ter demorado tanto para começar a jogar esse título. Somente depois de 8 anos de seu lançamento, mergulhei nas graças de Batman Arkham Asylum e todas as suas qualidades. Fui vítima das minhas próprias expectativas equivocadas até me render à uma promoção de um pacote da franquia completa para o PC no final de 2017.

Continue reading

Donkey Kong Country 2: Diddy’s Kong Quest é o segundo jogo da série Donkey Kong Country. Foi desenvolvido pela Rare e publicado pela Nintendo em novembro de 1995 para o Super Nintendo.
O enredo começa de onde Donkey Kong Country terminou. K. Rool, agora conhecido como Kaptain K. Rool, deseja vingança. Para isso, começou sequestrando Donkey Kong e levando-o a Crocodile Isle, palco da história do game. Diddy Kong quer resgatar Donkey Kong e, para isto, chama Dixie Kong, sua namorada, formando assim a dupla que, na minha opinião, é a melhor da trilogia Donkey Kong Country.

Juntos, Diddy e Dixie Kong percorrem um total de 47 fases, divididas em 8 diferentes localidades.

 

Continue reading

Donkey Kong Country foi desenvolvido pela Rare e distribuído pela Nintendo em 1994 para o Super Nintendo.

Aqui temos os gorilas Donkey Kong e Diddy Kong (sobrinho de DK) vivendo pacificamente em Kongo Jungle, até que o pirata King K. Rool rouba seu esconderijo de bananas, deixando então para os dois a missão de percorrer a ilha, recuperando as bananas perdidas.
No meio do caminho eles encontram aliados como Funky Kong, que oferece transporte entre áreas diferentes, Candy Kong, namorada de DK que salva o jogo, e Cranky Kong que é o alívio cômico e dá dicas para os dois durante a jornada.

 

Continue reading

Olá manos e minas, beleza?

Você lê quadrinhos? Quantas pessoas você conhece, pessoalmente, que lê obras da nona arte? Vale qualquer estilo: comics, mangá, europeu… Já que está lendo este texto, provavelmente você deva ser um apreciador do universo nerd. Mesmo assim, arrisco dizer que dificilmente você conheça pessoalmente alguém que leia quadrinhos ultimamente. O mais triste é que talvez nem mesmo VOCÊ ande lendo nada recentemente!

Continue reading

Crash veio em uma época onde muitos jogadores ainda ficavam de queixo caído ao ver os gráficos 3d que começavam a tomar conta do mundo dos games na época, o que parecia ser décadas melhor do que muitos jogadores tinham acesso, falo de Mega Drive ou Snes, onde os jogos em sua maioria eram em plataforma. Continue reading