HOJE, EU TÔ COM A MACACA! | DONKEY KONG COUNTRY 2: DIDDYS KONG QUEST

12/01/2018

Donkey Kong Country 2: Diddy’s Kong Quest é o segundo jogo da série Donkey Kong Country. Foi desenvolvido pela Rare e publicado pela Nintendo em novembro de 1995 para o Super Nintendo.
O enredo começa de onde Donkey Kong Country terminou. K. Rool, agora conhecido como Kaptain K. Rool, deseja vingança. Para isso, começou sequestrando Donkey Kong e levando-o a Crocodile Isle, palco da história do game. Diddy Kong quer resgatar Donkey Kong e, para isto, chama Dixie Kong, sua namorada, formando assim a dupla que, na minha opinião, é a melhor da trilogia Donkey Kong Country.

Juntos, Diddy e Dixie Kong percorrem um total de 47 fases, divididas em 8 diferentes localidades.

 

Desta vez, Donkey Kong não está mais presente como personagem jogável, dando lugar assim à Dixie Kong. Diddy já era um personagem jogável no primeiro Donkey Kong Country e continua sem nenhuma mudança aqui. Seu ponto forte é sua agilidade, enquanto Dixie é capaz de executar um comando chamado “Helicopter”, que permite pular e girar simultaneamente, de maneira a controlar o tempo de queda e alcançar lugares de difícil acesso.

 

Utilizando a tecnologia de gráficos 3D pré-renderizados, Donkey Kong Country 2 exibe um vasto cenário cheio de beleza e detalhes. Em algumas fases os cenários de fundo se tornam espetaculares. muito bem desenhados e os efeitos visuais são de surpreender. Fica impossível não dar uma parada na ação pra ficar admirando.

Cada fase ou cenário tem uma trilha marcante, o que fez as trilhas de Donkey Kong 2 ficarem mais populares e ainda hoje serem tocadas por orquestras. As músicas deste game são consideradas por muitos as melhores de toda a série.

A dificuldade do game foi um pouco elevada, mas nada exagerado. Quanto mais próximo ao fim, mais difícil o game fica. Novos comandos foram incluídos, mas a jogabilidade continua simples e ainda mais divertida do que em Donkey Kong Country, o que unida à boa qualidade gráfica e a excelente trilha sonora, dão origem à fases dinâmicas e quase impossíveis de enjoar.

 

Donkey Kong Country 2 é repleto de segredos e desafios, como por exemplo coletar todas as moedas DK e todos os Bônus para terminar o game com 102% e curtir o Final Verdadeiro. Este jogo representa o ápice da excelência técnica do SNES e um jogo para todo tipo de público, além de ser bastante charmoso.

 

Uma das últimas e maiores obras primas da geração 16-bits e que nasceu para ser clássico absoluto!

Versus Podcast © 2017