O CURIOSO CASO DE MARIOJAMIN BUTTON : SUPER MARIO WORLD 2 – YOSHI’S ISLAND (SNES)

07/02/2018

Super Mario World 2: Yoshi’s Island é um jogo de plataforma desenvolvido e publicado pela Nintendo para o Super Nintendo Entertainment System.
Seu lançamento no Japão foi em agosto de 1995 e em outubro de 1995 nos Estados Unidos.
O visual do jogo foi desenhado a mão, trazendo um novo estilo à série. Além disso, os gráficos possem efeitos especiais feitos pelo microchip Super FX 2, permitindo um belo visual para o jogo. Yoshi’s Island recebeu aclamação generalizada da crítica e diversos elogios para a sua estética, som e jogabilidade. O jogo vendeu mais de 4 milhões de cópias em todo mundo, se tornando o sétimo mais vendido do SNES.

HISTÓRIA:

Yoshi Island é como um prequel de Super Mario World.
O jogo começa com uma cegonha carregando dois bebês (Mario e Luigi) sob o oceano tranquilo. Tudo parece bem, no entanto, o perigo se aproxima quando Kamek, um Koopa com poderes mágicos, rapta um dos bebês (Luigi) pois previra que eles causariam incômodo para seu mestre, Baby Bowser, no futuro. Ele tenta raptar os dois bebês, mas não consegue, deixando o outro bebê cair no oceano. Kamek, furioso por ter perdido o outro bebê, manda seus servos, os Toadies, o procurarem.
O outro bebê, que havia aparentemente caído no oceano, caiu na verdade em uma ilha: a Yoshi’s Island (Ilha do Yoshi). Ele caiu bem em cima de um Yoshi, que encontra um mapa junto com o bebê e decide ajudá-lo a achar seu irmão Luigi. Cientes da catástrofe, toda a tribo de dinossauros Yoshis também se juntam à batalha. Juntos, estes Yoshis por sua vez transportam Mario pelo terreno perigoso para, contra todas as probabilidades, resgatar Baby Luigi, e derrotar Kamek e Baby Bowser. Os vilões espalham várias criaturas pela ilha, que são os chefes do jogo. Agora, o personagem jogável é Yoshi e deve também impedir que Baby Mario seja capturado pelos Toadies, passando pelos seis mundos.

O game não é nem um pouco curto.
São 6 mundos ao todo, cada um com 8 fases (2 castelos com chefes) + 2 fases extras se fizer 100% em todas as fases do mundo em questão. Ou seja: são dias de jogatina até terminar.
Se resolver fazer 100% em todas, terá que ter paciência, pois as fases finais vão fazer você arrancar os cabelos, tamanha a dificuldade.

E falando nos 100%, para completar com exito essa façanha é preciso coletar certos itens em todas as fases, atingindo a pontuação de 100 pontos no final de cada uma.
Vamos a eles:
(1) – Flor: existem 5 em cada fase. Pegando todas, o jogador ganha uma vida,
e cada flor vale 10 Pontos no escore total da fase.
(2) – Moeda vermelha: existem 20 em cada fase. Cada uma vale 1 ponto no total de pontos da fase.
(3) – Estrelas: o máximo que pode-se ter é 30 e elas aumentam o tempo em que o jogador pode ficar com o Mario na bolha, ao ser atingido por um inimigo.
Cada estrela vale 1 ponto no total de pontos da fase.

Enfim, se você procura um game à altura de Super Mario World, com muitos segredos, gráficos e uma jogabilidade arrasadora, aconselho que experimente Yoshi Island.
Em sua época, esse jogo infelizmente não fez muito sucesso, devido ao SNES estar no fim de seu ciclo de vida.
Hoje em dia, faltam games assim.

Versus Podcast © 2017