QUEM (AINDA) LÊ QUADRINHOS?

08/01/2018

Olá manos e minas, beleza?

Você lê quadrinhos? Quantas pessoas você conhece, pessoalmente, que lê obras da nona arte? Vale qualquer estilo: comics, mangá, europeu… Já que está lendo este texto, provavelmente você deva ser um apreciador do universo nerd. Mesmo assim, arrisco dizer que dificilmente você conheça pessoalmente alguém que leia quadrinhos ultimamente. O mais triste é que talvez nem mesmo VOCÊ ande lendo nada recentemente!

Aprendi a ler com 7 anos através dos quadrinhos da Turma da Mônica. Nessa época eu ganhava alguns formatinhos da turminha de vez em quando. Era comum encontrar esses gibis da Turma da Mônica e da Disney na casa de amigos dos meus pais onde viviam crianças. Hoje não se vê mais isso. Muito raramente vejo alguma criança tendo algum contato com os quadrinhos, sendo sempre atraídas pela TV, internet, games, tablets e celulares.

 

Durante a minha adolescência era comum comprar alguns formatinhos de super-heróis (geralmente os da Marvel, lançados pela editora Abril). Eu costumava comprar alguns e depois emprestava para os meus amigos, que também me emprestavam outros e assim sempre estávamos lendo alguma coisa. No início da minha vida adulta a coisa começou a mudar, pois só aqueles que se assumiram como nerds continuaram lendo.

 

E aí chegou a internet. Apesar de facilitar o acesso aos quadrinhos através de scans, aos poucos fui atraído por outras coisas da web como redes sociais, jogos, serviços de streaming, RPG, vídeos, podcasts, entre outras coisas. Fui perdendo o hábito de ler quadrinhos e abandonei a nona arte por anos. Um dia eu vi um formatinho do Seninha de bobeira na hora em que ia usar o banheiro e levei ele para ler. Assim acabei recuperando o hábito de ler quadrinhos, apesar de hoje em dia a frequência ser bem menor que antes.

 

Atualmente estou relendo meus quadrinhos, como Dragon Ball, Holy Avenger e Rurouni Kenshin (Samurai X). Recentemente ganhei de presente da minha esposa o Cavaleiro das Trevas (versão definitiva) e a mini série Marvels. Foram ótimas aquisições por serem grandes clássicos e sei que um dia vou querer reler novamente. Não ando comprando nenhum quadrinho, mas se um dia sair algum lançamento que realmente me interesse, pretendo voltar a comprar algum título regularmente. Também estou de olho na internet, pois pretendo comprar mais clássicos quando estiverem com um bom preço.

 

Se você lê quadrinhos, espero que continue. Se por acaso parou de ler, considere voltar a apreciar a nona arte, pois ela está cheia de obras maravilhosas.

Versus Podcast © 2017