STAR WARS BATTLEFRONT II (2017)

14/01/2019

Star Wars Battlefront II (2005) – Pandemic Studios

Sem dúvidas, a série Star Wars Battlefront angariou uma legião de fãs em sua era de ouro, principalmente com o segundo título da franquia, que introduziu o controle de cavaleiros Jedi (ao melhor estilo Jedi Knight), batalhas aéreas e muito mais. Depois de alguns bons jogos para o PSP e algumas continuações canceladas, ficamos órfãos por algum tempo.

Com o retorno de Star Wars para as telas de cinema em 2015 com “O Despertar da Força”, Battlefront se tornou novamente uma boa oportunidade de negócio, pois o universo dos filmes estava em alta novamente e um novo jogo, dando reboot na série, foi lançado neste mesmo ano pela EA Games e desenvolvido pela DICE.

 

Apesar de toda a qualidade gráfica e jogabilidade refinada que a DICE colocou em prática usando toda a sua experiência principalmente em Battlefield, o jogo acabou não tendo o sucesso esperado por diversos fatores, como a falta de uma campanha single player. E mesmo jogar multiplayer online era extremamente complicado pois alguns modos de jogo não formavam uma partida devido à falta de jogadores.

A qualidade gráfica de Battlefront (2015) é impressionante.

 

Dois anos depois, em 2017, houve uma nova oportunidade de lançar jogos com a chegada de “Os Últimos Jedi” às telonas e com isso recebemos Star Wars Battlefront II, com muito mais conteúdo e campanha para um jogador. Campanha essa que tem todo o espírito da saga, nos fazendo entrar na pele de Iden Versio, a comandante do Esquadrão Inferno do Império Galático.

Esquadrão Inferno observa a explosão da segunda Estrela da Morte.

A história começa em um tutorial fugindo após ser feita prisioneira — propositalmente — em uma nave rebelde. Seguindo para a segunda missão, o trabalho é conter os rebeldes em Endor quando vemos a segunda Estrela da Morte ser destruída no céu. O Império segue em frente com a última ordem deixada pelo imperador e a história continua até a batalha de Jakku e um pouco além pra dar espaço aos eventos do Episódio VIII. Em algumas das fases controlamos ainda Luke Skywalker, Han Solo, Leia Organa, Lando Calrissian, Kylo Ren… Tudo pra tornar a campanha ainda melhor. Ainda no offline podemos nos deliciar com um modo arcade, contendo 12 fases do lado da luz e 12 do lado sombrio, com 3 missões cada (fácil, médio e difícil).

 

Batalha em Naboo, durante as Guerras Clônicas.

No multiplayer, a diversão está garantida em diversos modos, mas principalmente no chamado “Ataque Galáctico” (para 40 jogadores), em que controlamos soldados, heróis, veículos… em verdadeiros campos de batalha dignos da franquia, passando por cenários das Guerras Clônicas, Han Solo, trilogia clássica e nova trilogia. Os equipamentos e habilidades são liberados de acordo com os pontos conseguidos em cada batalha, sendo convertidos em experiência e fazendo a classe escolhida passar de nível. Outros modos bem diferentes também estão disponíveis, como o “Batalha de Heróis” (para 8 jogadores), em que, como o próprio nome sugere, podemos escolher apenas heróis de cada facção para controlar, como Boba Fett, Luke Skywalker, General Grievous, e cumprir o objetivo de cada rodada que é derrotar um dos jogadores que se torna o alvo em cada equipe.

 

Ah, lembrando que todo o conteúdo do jogo está localizado para o Brasil, legenda e dublagem.

 

Modo multiplayer “Batalha de Caças Estelares”.

 

Mas nem tudo são flores nesta galáxia muito, muito distante. Na época de seu lançamento, houve muita reclamação — com razão — por parte dos jogadores de que havia pouco conteúdo, além de polêmicas envolvendo loot boxes para a progressão das classes, heróis e veículos. A EA correu atrás consertando esses problemas com as caixas e tem liberado excelentes conteúdos gratuitamente, desde que sua conferência durante a E3 2018. A experiência negativa da empresa nesse jogo fez com que seus executivos mudassem inclusive sua visão de como deve ser feita a monetização dos jogos.

 

Hoje, é possível dizer que Battlefront II tenha se tornado equiparável em diversão aos dois primeiros títulos e, deixando a nostalgia um pouco de lado, talvez possa até ser considerado um jogo melhor em diversos aspectos.

 

E você, jogou os games antigos? Em qual plataforma, Playstation 2, PC, Xbox? Jogava online? Joga até hoje? Deixe aí nos comentários e aproveite para ouvir o nosso episódio do Versus Podcast sobre Star Wars – The Force Unleashed 1 & 2:

VERSUS #12 – THE FORCE UNLEASHED 1 & 2

Versus Podcast © 2017