UMA EXCELENTE AVENTURA DE BOLSO | UNCHARTED: GOLDEN ABYSS

20/07/2018

 

Uncharted: Golden Abyss é um jogo da série Uncharted lançado para o PlayStation Vita e desenvolvido pela SCE Bend Studio, supervisionado pela Naughty Dog. Foi lançado no Japão em 17 de dezembro de 2011 e na Europa e América do Norte em 22 de fevereiro de 2012.

 

HISTÓRIA

Nathan Drake é de novo o protagonista da história… O enredo leva-nos para um Drake mais aventureiro e menos cuidadoso, em acontecimentos antes de Uncharted: Drake’s Fortune do Playstation 3.  É uma história paralela, mas dentro daquilo que o personagem sempre foi nos primeiros três jogos: um caçador de tesouros e aventuras.

Aqui a causa é um acontecimento que decorreu há mais de 400 anos, no encalço de uma expedição dos espanhóis, nos tempos dos descobrimentos. Desta vez, Drake não está acompanhado dos conhecidos Helena e Sullivan. Sua companheira na maior parte do tempo é a arqueóloga Marissa Chase. E, por mais que a personagem participe constantemente da trama, ela não possui o mesmo carisma de Helena. Esta nova menina é também uma descendente de caçadores de tesouros, porém mais na vertente da arqueologia do que na da riqueza. O seu avô, que está desaparecido, deixou para trás algumas pistas que conduzirão o jogador pela história.

GAMEPLAY

Uncharted não é apenas um bom jogo: é uma vitrine para o novo console da Sony. A empresa consegue demonstrar as principais funcionalidades do console com o jogo da Bend. A primeira delas é o touchscreen: as famosas escaladas de Drake são fáceis de executar, bastando tocar na tela frontal onde desejar. A “trilha” que Drake deve seguir é mais nítida e muitas vezes colorida em amarelo ou branco. A tela também é usada para realizar outros movimentos,
como cortar bambus com a faca ou até mesmo limpar antigos manuscritos. O touchscreen de trás também tem suas funções. A principal delas é dar zoom na hora de atirar ou de fotografar determinado local.

Vale lembrar que, para o uso da câmera em Uncharted, o jogo também utiliza o sensor giroscópio, ou seja, é possível mover o PS Vita com a mão, como se estivesse localizando o alvo a sua frente. O sistema de mira continua o mesmo, mas os inimigos facilitam mais a sua vida, cumprindo intervalos mais longos entre os disparos. Os analógicos do PS Vita são um pouco mais lentos que os do Dualshock 3, por isso é mais complicado mirar e acertar determinadas partes do oponente, principalmente a cabeça.
A movimentação é semelhante a de outros jogos da franquia. Drake continua bem ágil para se locomover pelas trilhas, rolar para os lados e correr para se proteger. Entretanto, é preciso se acostumar com alguns bugs nas proteções que o personagem encontra pela frente.

 

GRÁFICOS E SONS

Na parte visual, os fãs da série e donos de um PS Vita não terão do que reclamar: “Uncharted: Golden Abyss” tem gráficos muito caprichados e, algumas vezes, bem próximos aos de “Uncharted: Drake’s Fortune”, o primeiro episódio da série.  Sem sombra de dúvidas, é o jogo mais bonito para o PS Vita até agora. Drake possui a mesma fisionomia dos outros jogos da série. Porém, como a aventura se passa antes do primeiro capítulo da franquia, é possível notar um personagem mais jovem. As animações também mantêm o padrão de qualidade da série, mesmo sem algumas figuras conhecidas.

O game esbanja cenários belíssimos e ricos em detalhes em praticamente todos os momentos da aventura, com excelentes efeitos de sombra e luz. Os elementos que compõem os ambientes são lindos e o jogador vai passar por vívidas cachoeiras, paredões de rochas imensos, florestas da Mata Atlântica densas e hostis, túmulos apertados e cavernas gigantescas que guardam desde monumentos até cidades perdidas da América Central. Há também as texturas e as animações de movimento, que são bem fiéis e bem trabalhadas. Tudo é sempre muito recompensador aos olhos, dando satisfação ao jogador.
No áudio, o jogo também não faz feio e agrada muito. A grande maioria das composições são bastante envolventes
e costumam combinar no ponto certo com as situações mais diversas da aventura. A dublagem está em inglês, apenas as legendas está em português brasileiro.

CONCLUSÃO

Uncharted Golden Abyss é a grande vitrine do PS Vita. Com gráficos incríveis e uma jogabilidade única, o jogo brinca de utilizar todos os recursos do console da Sony. Porém, o game é muito linear e a dificuldade bastante baixa. Mas, mesmo assim, é um dos excelentes títulos da série e do PS Vita.

 

Por falar em Uncharted, já leu nosso post sobre o primeiro jogo da série? Leia Já:

O PITFALL DA ERA MODERNA – UNCHARTED!

Versus Podcast © 2017