VOCÊ VIVE PARA LUTAR… QUANDO ISSO É TUDO O QUE VOCÊ TEM | RESIDENT EVIL: CODE VERONICA X

07/09/2018

 

Resident Evil CODE: Verônica X é o quarto episódio da bem-sucedida série de horror da Capcom. O jogo foi lançado em 2000, ganhando relançamentos em alta definição para Playstation 3 e Xbox 360 em 2011, como parte da comemoração pelos 15 anos da série. Recentemente saiu também para o PlayStation 4.

 

Resident Evil CODE: Veronica X se passa três meses após a destruição de Raccoon City (mostrada no final de Resident Evil 3: Nemesis). Após escapar da cidade com vida ao lado de Leon S. Kennedy, a sobrevivente Claire Redfield continua na busca por seu irmão, Chris Redfield, desaparecido desde os eventos do primeiro game. Sua investigação a leva para a divisão francesa da Umbrella, onde é capturada e enviada para a isolada Rockfort Island. Na ilha se encontra uma base secreta da empresa controlada pelos Ashford, uma das famílias fundadoras da própria Umbrella. Logo após chegar na ilha tudo vira de cabeça para baixo e uma epidemia do T-Virus toma conta de todo o lugar, com zumbis e outros monstros infectados tomando conta de tudo.

Sua missão principal agora é escapar desse lugar com vida e, ao longo do caminho, novos segredos vão sendo revelados e outros objetivos além da sobrevivência são apresentados.

Além de Claire, o game alterna o controle com outros dois personagens em alguns momentos. Na maior parte do jogo acompanhamos Claire fugindo da prisão em que se encontra no início do game enquanto avança por suas instalações, enfrentando monstros, descobrindo segredos sobre o lugar e resolvendo puzzles.
Logo no começo somos apresentados a Steve, um jovem impulsivo que também estava preso na ilha e conseguiu escapar durante a infestação do T-Virus. Ele se alia a Claire algumas vezes, inclusive em certos momentos em que podemos controlá-lo. Essas partes são bem curtas e simples pois, sendo Steve um personagem secundário no controle do jogador, basta que completemos suas partes apenas matando zumbis e monstros até chegarmos a determinado local.

Por fim, na segunda parte do game dividimos o controle entre Claire e seu irmão Chris, que também acaba se envolvendo nos acontecimentos do game quando tenta salvar sua irmã de todo esse inferno. Dessa forma, o compartilhamento de itens é uma das coisas mais importantes do game, pois Claire e Chris contribuem com os puzzles (exclusivos para cada um dos personagens) um do outro em vários momentos. Consequentemente o game insere uma grande dose de estratégia pois, muitas vezes, se você gastar todos os seus itens com um personagem e não deixar nada nas caixas, o outro se dará muito mal.

AS DIFERENÇAS ENTRE AS VERSÕES DO DREAMCAST, PS2, XBOX 360,PS3 E PS4

Que fique bem claro: este jogo não se trata de um remake ou uma remasterização! O que temos aqui é basicamente o mesmo game lançado para o Playstation 2 lá em 2001, apenas sendo emulado no Xbox 360, PlayStation 3 e PlayStation 4. A diferença aqui é a inserção de troféus, o que dá um novo ânimo aos caçadores de platinas.

Apesar de não ser uma remasterização, o game foi adaptado para as televisões atuais, mas ainda tendo características antigas. O jogo possui duas faixas pretas verticais nos lados da tela, um detalhe realmente mínimo, que mantém o game na resolução original. Esse recurso é bem-vindo, pois do contrário o game ficaria todo esticado para os lados, o que não seria nada bom.

Resident Evil CODE: Veronica X é idêntico ao original em termos de jogabilidade, mas tem funcionalidades adicionais, como nove minutos de cenas cortadas do jogo principal; bem como ligeiras alterações na história e na parte gráfica (principalmente em certas animações e na definição das imagens).

As novidades mais marcantes, entretanto, é a mudança no cabelo de Steve e três novas cenas: um encontro entre Wesker e Claire, outro com o vilão e Alexia e um final estendido, que mostra uma violenta luta corpo a corpo entre Chris Redfield e o ex-capitão dos S.T.A.R.S. Outra novidade é que, ao terminar o game, um novo modo é aberto: o Battle Mode, onde o jogador deve avançar por diferentes salas de todo o game, matando todos os inimigos que encontrar para poder seguir em frente. Esse modo pode ser jogado em primeira ou terceira pessoa.

CONCLUSÃO

Este é um título obrigatório para os fãs da série por seu enredo e revelações tanto quanto por seu desafio. É um game realmente excelente, mas traz para o presente as falhas (que antigamente não enxergávamos) do passado. Os tempos mudam, assim como os jogadores, mas uma coisa permanece a mesma: Resident Evil CODE: Veronica X é um excelente título!

Por falar em Resident Evil, já leu nosso post sobre Resident Evil Zero? Leia Já:

RESIDENT EVIL ZERO | O ORIGINAL NÃO SE DESORIGINALIZA

Versus Podcast © 2017